Contos

Menina Inquieta

Ao Leste de um vilarejo na Escócia, existia essa casa com um jardim bastante charmoso e grandes arvores, de longe se via, uma pequena garota, brincando, com uma energia que era quase ilimitada, com seus cabelos curtos e uma roupa que parecia esta manchada de tinta, ela corria, pulava, gritava, ria, se jogava no meio do gramado e não demonstrava nem respirar com tanta disposição.

Na porta da casa, um homem alto e bastante barbudo, chamava a menina para entrar, o tom no chamado, fazia parecer que não é a primeira vez que ele chamava a criança, mas ainda assim, a garota ignorava o chamado e continuava a se divertir, então o homem barbudo se aproxima e pega ela nos braços, ela dá uma gargalhada e chamando ele de pai, pede para ele parar de fazer cocegas, então finalmente ela entra na casa.

Assim que ela entra, abraça o seu outro pai, que estava terminando de colocar a mesa para o jantar, logo em seguida, ela corre para o seu quarto, e um de seus pais, dizem que é hora de comer e não de ir assistir TV, a menina um pouco teimosa, insiste em permanecer no quarto, o seu pai já tinha tirado ela do jardim, volta ao quarto para levar ela a sala de jantar, mas antes que ele conseguisse chegar no quarto, ela tranca a porta, o pai que não consegue mais rir das brincadeira, por que está bastante cansado de um dia longe de trabalho, deixa a menina no quarto e desiste de insisti.

Algumas horas depois a meninas sai do quarto, dizendo estar com fome e os pais que já estavam adormecendo no sofá da sala de estar, se levantam para fazer algo para ela comer, finalmente ela come e os pais podem descansar, então um deles pega o despertador, programa para despertar três horas a partir do horário que marcava no relógio e então adormecem.

Gabriel Damazio

Graduando em Comunicação Social com ênfase em Educomunicação, técnico em Informática para Internet, e ainda participante em pesquisas na área de modalidades de ensino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *